O sonho de Ana

 

O Sonho de Ana

O Dia das Mães se aproxima e traz consigo todo um clima de doçura, amabilidade e reconhecimento do valor que a genitora representa para família.
Há uma mãe — de nome Ana — que é motivo de muitos sermões e textos.
O que a Bíblia relata sobre ela encontra-se nos primeiros capítulos de 1 Samuel.

Ana, em hebraico, significa “graça”, e essa mulher recebeu de Deus uma graça que ela buscou com afinco, perseverança e muita fé.
Ana foi mãe do famoso profeta Samuel. Entretanto, é apresentada, antes do nascimento deste, aos leitores da Bíblia como esposa amada de Elcana.
O casal vivia em Ramataim-Zofim, na região montanhosa de Efraim. O marido tinha outra esposa, chamada Penina, que lhe dera vários filhos.
Sua preferida, porém, era estéril.
Todos os anos, Elcana e sua família subiam a Silo, a fim de adorar a Deus e oferecer-Lhe sacrifícios.
Por amar Ana profundamente, ele dava-lhe sempre porção dobrada das ofertas do Senhor.
Isso não a consolava, pois Penina a provocava em demasia, o que a aborrecia, e muito. Em uma dessas idas a Silo, Ana derrama sua alma, profundamente angustiada, diante do Senhor.
E, em meio a muitas lágrimas, clama em oração, rogando ao Senhor que lhe dê um filho. Prometeu dedicar ao Senhor todos os dias da existência dele.

A Bíblia registra que, após esse momento de oração, ela “…se foi seu caminho, e comeu, e o seu semblante já não era mais triste”. (1 Samuel 1.18)
O desenrolar da história é que Samuel nasceu, e Ana cumpriu o que prometera ao Senhor, como diz a Bíblia em 1 Samuel 2.21: “Abençoou, pois, o Senhor a Ana, e ela concebeu, e teve três filhos e duas filhas; e o jovem Samuel crescia diante do Senhor”.
Ana tinha o desejo, em seu coração, de ter um filho e procurou a Deus para resolver sua demanda. Deus, do alto e sublime trono de Sua graça, abençoou Ana e concedeu-lhe a oportunidade de ser mãe de um grande profeta de Israel — que foi Samuel.

Mães, o Senhor ama-as profundamente e está sempre com os ouvidos atentos para lhes responder. Depositem sua confiança Nele que, como Ana, cantarão um cântico de vitória pelo sonho realizado. 

.
Amadas, quando as circunstâncias da vida as fizerem perder as esperanças, derramem seus corações na presença do Senhor, que Ele há de fazer o impossível para vocês. Queridas mães, vocês são presentes de Deus para nossas vidas. A dedicação, o amor, o cuidado de vocês para conosco são singulares. Com amor, desejamos a todas as mães um feliz e abençoado Dia das Mães!

Rev. Geraldo Barbosa
Capelão

 

 

 

.: AGREGUE CONHECIMENTO E COMENTE ABAIXO .: