Quantas esposas teve Esaú, e quem foram elas?

Quantas esposas teve Esaú, e quem foram elas?

Gênesis 26.34 diz-nos que estando com quarenta anos de idade, Esaú casou-se com duas mulheres hititas — Judite, filha de Beeri, e Basemate, filha de Elom. Visto que Gênesis 36 não menciona o nome da primeira, podemos concluir que ela não lhe deu filhos; não se sabe se morreu jovem ou se era estéril. No entanto, era a esposa número um. A esposa número dois era, conforme mencionado acima, Basemate. Mas Gênesis 36 refere-se a ela como sendo Ada, o que pode significar que esse seria outro nome da mesma mulher. (São numerosos no AT os casos de homens e mulheres que têm dois nomes, tanto entre israelitas quanto no meio dos gentios.) Visto que mais tarde Esaú casou-se com a filha de seu tio Ismael, que tinha também o nome de Basemate (parece que esse era um nome comum na região edomita, naqueles dias; Salomão deu esse nome a uma de suas filhas [1Rs 4.15]), foi necessário que se chamasse a segunda esposa por outro nome, Ada. Ela deu a Esaú um filho, Elifaz (36.4). A esposa número três era Oolibama, filha de Zibeão, um hivita. Ficamos sem saber quando eles se casaram e em que circunstâncias. Só sabemos que o pai dela era Aná, filho de Zibeão. [ Portanto, Zibeão era avô dela, em vez de pai — como poderíamos entender de Gênesis 26.34. O hebraico não tem uma palavra específica para avós, nem para netos; simplesmente usa as mesmas palavras para “pai” ou “mãe” (com o significado de avós) e “filho” ou “filha” (com o significado de netos).] É provável que Esaú tenha se casado com Oolibama antes de desposar Basemate, a filha de Ismael. Ele foi pai de três filhos: Jeús, Jalão e Corá — nessa ordem. A esposa número quatro foi Basemate, filha de Ismael, que deu a Esaú apenas um filho, Reuel (Re ‘û’ēl, provavelmente se pronunciava “Raguel”) — o mesmo nome de Jetro, o sogro de Moisés [cf. Êx 2.18; Nm 10.29]). Devemos dizer que essa mulher, Basemate, também tinha outro nome: Maalate (cf. Gn 28.9). Mas, aparentemente, ela (ou Esaú) preferia Basemate (que tem conotação de fragrância, na forma masculina bōśem, ou “bálsamo”), pois é assim que ela é chamada sempre em Gênesis 36. Essa é, pois, a lista completa das esposas de Esaú, e dos filhos que elas lhe deram. A ele também se dá em Gênesis 36 o nome de “pai de Edom” (v. 9, 43), mas, nesse caso, “pai de” é equivalente a “fundador de” — assim como Jacó foi o fundador da nação de Israel. Talvez seja apropriado observar aqui que a recorrência de nomes favoritos, ou da moda, reflete-se por todo o capítulo 36 de Gênesis como uma das características da cultura horita-hivita, dentro da qual Esaú procurou esposas na região edomita. Há, pelo menos, cinco exemplos disso, inclusive as duas esposas chamadas Basemate que mencionamos. O primeiro exemplo é Aná, filho de Zibeão, mencionado acima como o pai de Oolibama. O Texto massorético traz bat (“filha Continue lendo

Descobrir o emprego das palavras

Descobrir o emprego das palavras

Como já dissemos, normalmente a etimologia de um termo não ajuda a esclarecer seu significado. Portanto, precisamos descobrir como o autor costuma empregá-la. Essa prática é chamada de usus loquendi (lit., o uso feito por quem fala). Expressando de outra forma, qual era o sentido mais comum da palavra quando o autor a utilizou? A maneira em que ele a empregou dentro de seu contexto quase sempre ajuda a esclarecer o sentido. Isso tem importância especial porque uma palavra abrange sentidos diferentes dependendo de como é empregada. Por exemplo, o termo casa apresenta sentidos diferentes nas três frase seguintes: “ele foi para casa”, “ela casa amanhã” , “o número tem duas casas decimais” e “ela pregou o botão mas não fez as casas”. O verbo correr pode aplicar-se a muitas coisas que envolvem movimento ou ação. Nós dizemos que corremos apressadamente, que um rio corre ao longo da estrada, que um arrepio corre por nossa espinha, que uma circular correu entre os presentes, que as lágrimas correram por nosso rosto, que o tempo corre, etc. Pode-se correr o olhar por um documento, correr um trabalho na impressora, correr o risco de perder o emprego, entre outras coisas. Cada utilização transmite uma ideia um pouco diferente. A palavra mesa também possui variedade de usos. Como disse Terry, pode significar uma peça de mobília, o lugar em que a refeição é servida, o presidente e os secretários de uma assembleia (“a mesa da câmara”), alimentação (“casa de mesa farta”) ou um altar para comunhão.  Pense nos diversos empregos do verbo quebrar. No Novo Testamento, a palavra chamado aparece pelo menos de duas maneiras. Nos evangelhos sinópticos, o “chamado” divino significa o convite de Deus; já Paulo fala em “chamado de Deus” querendo dizer o gesto de Deus de conceder-lhe um título e uma comissão (“chamado para ser apóstolo”, Rm 1.1), a obra de salvação divina (8.28, 30) ou ainda o enfático convite de Deus para os cristãos (“ … nos chamou com santa vocação…” , 2 Tm 1.9). A palavra grega pneuma (“espírito”) deriva de pneõ (“respirar”), mas na Bíblia raramente o sentido é esse. Significa também vento, atitude, emoções, natureza espiritual, íntimo (em contraposição ao corpo físico), seres imateriais como anjos e demônios e o Espírito Santo. Um estudo da palavra sarx (“carne”) mostra que ela também possui variedade de sentidos, entre os quais a condição humana (Rm 3.20), o corpo humano (2 Co 12.7), os músculos do corpo humano (Lc 24.39) e a natureza ou tendência pecaminosa do homem (Rm 8.6, 7,13; E f 2.3). Como veremos mais adiante, o contexto normalmente, mas nem sempre, ajuda a esclarecer o significado de uma palavra. É importante analisar as diversas situações em que o termo é utilizado. Primeiramente, analise como o mesmo autor emprega a palavra em questão num mesmo livro. Se o contexto não esclarecer o sentido da palavra, procure saber como o autor utilizou-a em outros trechos do livro. A palavra profetas, em Efésios 2.20, está falando dos profetas do Continue lendo

Versículos bíblicos em Inglês

Versículos bíblicos em Inglês

Hi !Que tal exercitarmos a nossa fé com frases da bíblia em inglês.  Nessa dica vamos falar sobre  versículos bíblicos em inglês. Pra quem estuda inglês e gosta de professar a sua fé no seu dia a dia, aqui está mais uma dica com frases da bíblia em inglês pra poder contribuir ainda mais com o seu aprendizado. O segredo é estudar inglês se envolvendo com o que você gosta, se você é aquela pessoa que gosta de ler a bíblia, assim como noós, nada melhor do que estudar inglês com trechos bíblicos. Com certeza as frases da bíblia em inglês vão te ajudar e muito. DICA 1 | Fique ligado: Ao pesquisar a bíblia em inglês e procurar pelo livro de Tiago,saiba que Tiago em inglês é James,então fique atento a isso,Tiago em inglês é James. E o livro de Apocalipse em inglês se chama Revelation = Revelação. Veja as frases da bíblia em inglês na sequência. DICA 2 |  Já assisitiu a aula grátis de exemplo nosso Curso De Inglês Bíblico? Se você é cristão e tem vontade de aprender inglês essa dica é pra você!»Clique aqui e acesse Frases da bíblia em inglês – Versículos bíblicos Humble yourselves before the Lord, and he will lift you up =  Humilhai vos perante o Senhor e ele vos exaltará. James,4-10 I will give you every place where you set your foot, as I promised Moses = Todo lugar que pisar a planta de vosso pé,vo-lo tenho dado como prometi a Moisés. Joshua,1-3 He provides rain for the earth;he sends water on the countryside.The lowly he sets on high,and those who mourn are lifted to safety = Ele derrama chuva sobre a face da terra, Ele envia água sobre os campos. Os humildes Ele os levanta e os enlutados os eleva a salvação. Job,4-10 You may ask me for anything in my name, and I will do it = Peça o que quiseres em meu nome e Eu o farei. John,14-14 A time to be born and a time to die,a time to plant and a time to uproot = Um tempo para nascer e tempo de morrer, um tempo para plantar e tempo para arrancar o que se plantou. Ecclisiastes,3-2 But showing love to a thousand generations of those who love me and keep my commandments = E faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos. Exodus,20-6 Taking the five loaves and the two fish and looking up to heaven, he gave thanks and broke the loaves = Tomando os cinco pães e os dois peixes e olhando para o céu, deu graças e partiu os pães. Mark 6-41 These people honor me with their lips,but their hearts are far from me = Esse povo me honra com os lábios mas o seu coração está longe de mim. Mark-7 Whoever wants to be my disciple must deny themselves and take up their cross and follow me = Quem quiser ser meu discípulo deve negar a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Mark,8-34 It is God Continue lendo

Descobertas embaixo do monte do Templo

Descobertas embaixo do monte do Templo

Uma das escavações mais empolgantes — e mais controversas — feitas no muro ocidental do monte do Templo foi a que expôs um extenso curso de muro no nível do solo original (15,8 metros abaixo do nível do solo atual). Este trabalho começou em 1968 em conjunto com as escavações de Mazar e continuou até 1982. Em 1985, sob a direção de Dan Bahat, ex-arqueólogo distrital para Jerusalém com a Autoridade das Antiguidades de Israel, o trabalho foi retomado com o nome de escavações do “Túnel do Muro Ocidental”. As escavações revelaram a porção exposta do Muro Herodiano, que corria ao longo de um túnel de quase 275 metros de comprimento, com cerca de 90 centímetros a 1,20 metros de largura e 1,82 a 2,43 metros de altura. Pelo fato de se acreditar que este túnel era usado pelos sacerdotes que oficializavam no Templo, recebeu o nome popular de “Túnel dos Rabinos”. As características do muro na extremidade sul da porção exposta são verdadeiramente impressionantes. Aqui, numa seção intitulada “Curso do Mestre”, estão quatro blocos que trazem inconfundíveis sinais da habilidade herodiana (beiras e bossagens homogêneas). Estas “pedras de fundação” têm 3,35 metros de altura e variam de 1,82 a 12,80 metros de extensão! Calcula-se que a maior pedra tenha aproximadamente 4,57 metros de altura, 12,80 metros de comprimento e 4,26 metros de profundidade, pesando cerca de 545.000 quilos! Em comparação, a maior pedra da Grande Pirâmide do Egito pesa somente 10.000 quilos. Ao longo do Túnel do Muro Ocidental também foi descoberta uma das antigas portas do monte do Templo. Primeiramente relatada no século XIX por Charles Warren, e por isso chamada de “Porta de Warren”, é uma porta grandiosa que dava para a plataforma do Templo imediatamente ao sul de onde ficava o Santo dos Santos. Seu interior parece muito com o interior do atual Arco de Wilson (embora o Arco de Wilson seja datado de um período mais recente). Entretanto, devido a uma controvérsia com as autoridades muçulmanas em 1981, a porta foi hermeticamente fechada e bloqueada ao acesso. A primeira vez que entrei no túnel, vi esta porta em 1982, logo depois de ter sido selada. Desde então visitei o local muitas outras vezes, tanto com Dan Bahat quanto com o finado rabino Yehuda Getz, que estava envolvido com a escavação da porta. Minhas entrevistas com estes homens e com o finado chefe rabino Shlomo Goren (cuja escavação clandestina feita do outro lado da Porta de Warren até o muçulmano Domo da Rocha foi o que provocou a revolta que fechou a porta) estão publicadas em meu livro In Search ofT em ple Treasures (A Procura dos Tesouros do Templo) e apresentadas em vídeo com o mesmo título. Em direção à extremidade norte do túnel encontram-se sinais que revelam de onde as pedras foram extraídas (algumas das pedras estão apenas parcialmente cortadas). Um pouco mais adiante da área onde a rua original terminava está um canal e aqueduto de água chamado Túnel Hasmoneano (embora alguns o Continue lendo

Versículos bíblicos sobre casamento

Versículos bíblicos sobre casamento

Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher e serão os dois uma só carne.(Efésios: 5.31) O casamento é um projeto de Deus para o homem. E isto fica muito claro quando Ele diz para o homem deixar o seu pai e a sua mãe e se unir à sua mulher. Muito embora seja uma instituição que, ao longo dos anos, tenha sido bombardeada com falsas doutrinas. Ela continua firme, alicerçada em princípios constantes na Palavra de Deus. Por isso, separamos alguns versículos que tratam do assunto “casamento”: Versículos para casamento no Antigo Testamento: Eclesiastes: 9.9: Desfrute a vida com a mulher a quem você ama, todos os dias desta vida sem sentido que Deus dá a você debaixo do sol, todos os seus dias sem sentido! Pois essa é a sua recompensa na vida pelo seu árduo trabalho debaixo do sol. Provérbios: 18.22: Quem encontra uma esposa encontra algo excelente, recebeu uma bênção do Senhor. Eclesiastes: 4.9-12: É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! E se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho? Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade. Cânticos: 8.6: Coloque-me como um selo sobre o seu coração, como um selo sobre o seu braço, pois o amor é tão forte quanto a morte e o ciúme é tão inflexível quanto a sepultura. Suas brasas são fogo ardente, são labaredas do Senhor. Gênesis: 2.18: Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só, farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda”. Rute: 1.16: “Não insistas comigo que te deixe e não mais a acompanhe. Aonde fores irei, onde ficares ficarei! O teu povo será o meu povo e o teu Deus será o meu Deus! Lamentações: 2.16-17: O meu amado é meu e eu sou dele, ele pastoreia entre os lírios. Volte, amado meu, antes que rompa o dia e fujam as sombras, e seja como a gazela ou como o cervo novo nas colinas escarpadas. Versículos para casamento nos Evangelhos: Mateus: 19.6: Assim eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe”. Versículos para casamento nas Cartas de Paulo: Colossenses: 3.13-14: Suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro, assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição. Efésios: 5.33: Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo e a mulher reverencie o marido. 1 Coríntios: 13.7: O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. PROTEJA E INVISTA NO SEU CASAMENTO IDENTIFIQUE Continue lendo

Por que Deus ordenou a circuncisão ?

Por que Deus ordenou a circuncisão ?

Gênesis 17 não nos dá um raciocínio lógico que justifique o estabelecimento desse rito obrigatório para a família e descendentes de Abraão. Deus simplesmente diz: “Terão que fazer essa marca, que será o sinal da aliança entre mim e vocês” (v. 11). Todo e qualquer descendente de Abraão que se recusasse ou conscientemente negligenciasse a circuncisão deveria ser cortado da aliança da graça de Deus (v. 14). Isso significa que a circuncisão era considerada de grande importância por Iavé, no que dizia respeito à nação de Israel. Romanos 4.9, 10 explica que a salvação não depende da circuncisão, mas, antes, da graça de Deus, que chega ao pecador culpado mediante a aceitação das promessas divinas e da fé no Senhor. A justiça de Deus foi atribuída a Abraão antes de ele ser circuncidado (cf. Gn 15.6; 17.23, 24). Mas o apóstolo Paulo explica o propósito da circuncisão em Romanos 4.11: “Assim ele recebeu a circuncisão como sinal, como selo da justiça que ele tinha pela fé, quando ainda não fora circuncidado. Portanto, ele é o pai de todos os que creem, sem terem sido circuncidados, a fim de que a justiça fosse creditada também a eles” (grifo do autor). O rito da circuncisão (i.e., a remoção cirúrgica do prepúcio) teve o objetivo de ser um sinal e selo da aliança estabelecida entre Deus e o crente. Assim como um anel — uma aliança — é sinal e selo de um compromisso mútuo, total e exclusivo entre a noiva e o noivo enquanto viverem, também a remoção sacramental dessa parte do órgão masculino era um testemunho cruento, ou um pacto selado com sangue, pelo qual o crente entregava sua vida a Deus, prometendo solenemente viver para ele, em plena dependência de sua graça para o resto de sua vida terrena. Sendo um selo, o ato da circuncisão era igual a um atestado de propriedade no AT. Testificava que a pessoa pertencia não ao mundo, a Satanás ou a si própria, mas ao Senhor Deus, que lhe provera a redenção. Em Colossenses 2.11-13, encontramos maiores explicações sobre a função da circuncisão: “Nele também vocês foram circuncidados, não com uma circuncisão feita por mãos humanas, mas com a circuncisão feita por Cristo, que é o despojar do corpo da carne. Isso aconteceu quando vocês foram sepultados com ele no batismo, e com ele foram ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos. Quando vocês estavam mortos em pecados e na incircuncisão da sua carne, Deus os vivificou com Cristo. Ele nos perdoou todas as transgressões”. Incluem-se nesses versículos três importantes conceitos concernentes à circuncisão: 1. A circuncisão envolvia a remoção simbólica do “corpo da carne” como instrumento de perversidade; sem a circuncisão, o corpo do pecador permanecia em estado de “incircuncisão da carne”. 2. A circuncisão pressupõe a fidelidade e o empenho à santidade. Moisés admoesta a congregação em Deuteronômio 10.16: “Sejam fiéis, de coração, à sua aliança; e deixem de ser obstinados”. Isso indica que a Continue lendo

Versículos bíblicos sobre filhos

Versículos bíblicos sobre filhos

Os filhos são herança do Senhor, uma recompensa que ele dá.(Salmos: 127.3) Introdução: Nesse artigo vamos publicar alguns versículos sobre filhos. Como a própria Palavra de Deus diz os filhos são uma bênção. Porém vivemos tempos difíceis e, hoje em dia, criá-los não é uma tarefa nada fácil. E, por conta disso, a relação deles com os seus pais está cada vez mais difícil. Existe uma estratégia clara, estruturada pelo inimigo, para desestruturar a família. Porque ele sabe que, numa família desestabilizada, as pessoas se tornam alvos fáceis para o seu intento ruim. E a responsabilidade de cada um de nós é muito grande, nesta batalha travada diariamente. Sendo assim, colocamos uma relação de versículos que tratam do tema: “filhos”. Versículos sobre filhos no Antigo Testamento: Provérbios: 3.11Filho meu, não rejeites a correção do Senhor, nem te enojes da sua repreensão. Provérbios 23.13Não retires a disciplina da criança, pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Provérbios 10.1Provérbios de Salomão: O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe. Provérbios 4:20Filho meu, atenta para as minhas palavras, às minhas razões inclina o teu ouvido. Provérbios 5:7Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos e não vos desvieis das palavras da minha boca. Provérbios 13:1O filho sábio atende à instrução do pai, mas o escarnecedor não ouve a repreensão. Mais versículos sobre filhos no Antigo Testamento: Isaías: 54.13E todos os teus filhos serão ensinados do Senhor e a paz de teus filhos será abundante. Êxodo: 20.12Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá. Deuteronômio: 6.6-7:E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração.E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, andando pelo caminho, deitando-te e levantando-te. Provérbios 22.15A insensatez está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a livrará dela. Deuteronômio: 24.16Os pais não serão mortos em lugar dos filhos, nem os filhos em lugar dos pais, cada um morrerá pelo seu próprio pecado. Provérbios 17.6Os filhos dos filhos são uma coroa para os idosos e os pais são o orgulho dos seus filhos. Versículos sobre filhos nas Cartas Gerais: Hebreus: 12.5E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor e não desmaies quando por ele fores repreendido. Hebreus: 12.11Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados. Hebreus: 12.7-8:Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos, porque, que filho há a quem o pai não corrija?Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos e não filhos. 1 João: 3.1:Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece, porque não o conhece a ele. Versículos sobre filhos Continue lendo

Construindo o Primeiro Templo

Construindo o Primeiro Templo

O Primeiro Templo foi construído por Salomão, filho do rei Davi, segundo o plano de Deus (1 Cr 28.6). Durante seus últimos anos de vida, Davi providenciou materiais para a construção do Templo fornecidos pela tesouraria real e uma arrecadação angariada entre o povo de Israel (1 Cr 29.1-9). Em seguimento à morte de Davi, Salomão terminou o Templo utilizando primariamente trabalho forçado da população israelita nativa (1 Rs 5.13-16; 2 Cr 2.2). De acordo com a Bíblia, o padrão arquitetônico para o Primeiro Templo, como o Tabernáculo antes dele, foi divinamente revelado (Ex 25.9,40; 1 Cr 28.11-19). A construção em si foi feita numa colina alta da cadeia de montanhas do Moriá ao norte da Cidade de Davi e do cume de Ofel (a área limítrofe da cidade). Seguindo a trilha bíblica dos textos que estão voltados para o Templo — de Gênesis (22.2) e Êxodo (15.17) até Samuel (2 Samuel 7.10) — , acreditamos que ocupava o ponto mais alto desta colina no mesmo lugar onde Abraão fora impedido de matar o filho Isaque (Gn 22.12-14) e o anjo do Senhor de destruir a cidade de Jerusalém (2 Sm 24.16-25). Nos dias de hoje o consenso arqueológico localiza este lugar na plataforma elevada da Cidade Velha da Jerusalém Oriental, conhecido por judeus e cristãos como o monte do Templo. Contudo, embora tenhamos alguns detalhes sobre sua construção na Bíblia, ninguém pode estar completamente certo de como era o Primeiro Templo.Fui lembrado deste fato quando recentemente visitei uma exposição especial no Museu das Terras Bíblicas, em Jerusalém, intitulada “Cidades dos Reis do Mundo Bíblico”. Nesta exposição, composta por maquetes de cidades antigas e artefatos relacionados, havia uma esplêndida maquete do Primeiro Templo, acompanhada por várias visualizações computadorizadas do Templo de Salomão, feita por três designers diferentes. O texto que descrevia a maquete enfatizava que cada um desses modelos do Templo salomônico é teórico, porque nenhum resto arqueológico factual do Primeiro Templo sobreviveu à destruição sucedida em 586 a.C. Então como é que aqueles fabricantes de maquetes as construíram? A arqueologia nos responde com a explicação do professor Amihai Mazar: Muito desejamos explorar o Templo de Salomão. Infelizmente, sabemos que nada restou dele, mas a descrição do Templo salomônico registrado nas Escrituras é tão exata que até podemos esboçar a planta e compará-la com plantas de outros templos que foram encontrados na Síria e Canaã em sítios arameus da Idade do Ferro e do Bronze. [Além disso,] este Templo de Salomão foi baseado numa longa tradição [de templos] que começou aproximadamente 1.000 anos antes e continuou por 200 ou 300 anos depois. Assim, podemos inserir a tradição bíblica relativa ao Templo de Salomão numa tradição de muito mais tempo [dos antigos templos do Oriente Próximo], que pode ser ilustrado arqueologicamente. Fonte: Livro: Arqueologia BíbliaAutor: Randall Price,Pags: 142-143 AGORA VOCÊ PODE ESTUDAR TEOLOGIA À DISTÂNCIA COM QUALIDADE! Conheça o curso de Formação em Teologia! O melhor e mais acessível curso de teologia da atualidade. Seja um Teólogo altamente capacitado! CURSO FORMAÇÃO Continue lendo

O Conteúdo do Livro do Êxodo

O Conteúdo do Livro do Êxodo

O livro de Êxodo deriva o seu nome em português não do titulo hebraico (que é simplesmente “ Estes são os nomes” , tirado das primeiras palavras do livro), mas da Septuaginta, a tradução grega do Velho Testamento, feita no Egito no século III antes de Cristo. No entanto, apesar de ser um título recente, é bem apropriado, pois o êxodo ou a saída do povo de Deus é a mensagem central do livro. Êxodo começa com o povo de Israel na condição de escravos indefesos na terra do Egito; apresenta Deus preparando um libertador de maneira discreta, e o seu confronto com Faraó. Segue-se então o violento choque entre o Deus de Israel e os falsos deuses do Egito, quando as pragas se sucedem contra um Faraó obstinado e o Egito que ele domina. O capítulo 12 nos traz a festa da Páscoa, com a morte dos primogênitos do Egito; Israel finalmente parte em liberdade. Este é um dos pontos culminantes do livro, continuando com a travessia do Mar Vermelho e o afogamento do exército de Faraó em suas ondas. O cântico triunfal de Moisés no capítulo 15, celebrando os atos redentores de Deus, é um clímax apropriado para os acontecimentos passados, bem como a transição para os que se seguem. Todavia, isso é apenas metade da história. Como prova de que havia sido redimido, Israel tinha ainda de adorar a Deus no mesmo Monte Sinai em que Moisés, o libertador, recebera sua chamada inicial (3:12). Assim sendo, Israel marcha pelo deserto, dando sequência a seu êxodo, a sua separação da velha vida. O povo precisará de água, alimento, proteção e orientação. Tudo isso Deus lhe dará, mas desde o princípio Israel demonstra claramente sua natureza através de murmurações e rebeliões incessantes. Finalmente, reunido na planície fronteira ao Sinai, em meio a trovões e relâmpagos, o povo ouve a voz de Deus e treme de medo. Lá a aliança é firmada (24:8); lá nasce Israel como nação. Este é o segundo ponto culminante do livro, não apenas na consumação da aliança, mas também na doação da “lei da aliança” que a acompanha. Resumida nos Dez Mandamentos (20), ampliada no “livro da aliança” (21-23), a própria natureza de Deus é expressa em termos morais e as exigências decorrentes são apresentadas a Israel. Escapar dos velhos hábitos será ainda mais difícil que escapar da velha terra, mas pelo menos o caminho certo está bem delineado. Um terceiro ponto culminante ainda está por aparecer, no entanto. Nos capítulos subsequentes, cuidadosa e amorosamente, cada detalhe cheio de rico significado simbólico, vem esboçada a estrutura que futuros tradutores haveriam de denominar “ o tabernáculo” , com toda a sua mobília (25-31). Deus há de habitar entre os homens; uma tenda apropriada para Sua habitação deve ser construída, mas, por enquanto, temos apenas uma planta sacerdotal, simples instruções para uma construção posterior, como no livro de Ezequiel (40-43). Antes que se chegue ao terceiro ponto culminante, todavia, surge um vale. Com Moisés ainda no ápice Continue lendo

Versículos bíblicos sobre amizade

Versículos bíblicos sobre amizade

Não se deixem enganar: “as más companhias corrompem os bons costumes”.(1 Coríntios: 15.33) Introdução: Ter um verdadeiro amigo é uma bênção. Porque, infelizmente, muitas pessoas que se aproximam de nós, verdadeiramente, não são. O amigo é aquele que não diz o que você quer ouvir, mas o que você precisa ouvir. Em nossa caminhada encontraremos muitos que se dirão nossos amigos. Porém é preciso cuidado, porque a grande maioria não será. Se aproximarão de nós por diversos motivos, mas não será uma amizade sincera. Por isso é preciso ficar alerta, pois as más companhias corrompem os bons costumes. Versículos sobre amizade no Antigo Testamento: Provérbios: 17.17:Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão. Salmos: 55.12-13:Se um inimigo me insultasse, eu poderia suportar, se um adversário se levantasse contra mim, eu poderia defender-me.Mas logo você, meu colega, meu companheiro, meu amigo chegado. Provérbios: 19.4:As riquezas granjeiam muitos amigos, mas ao pobre, o seu próprio amigo o deixa. Provérbios: 14.20:O pobre é odiado até pelo seu próximo, porém os amigos dos ricos são muitos. Provérbios: 17.17:Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão Mais versículos sobre amizade no Antigo Testamento: Provérbios: 16.28:O homem perverso instiga a contenda e o intrigante separa os maiores amigos. Provérbios: 19.6:Muitos se deixam acomodar pelos favores do príncipe e cada um é amigo daquele que dá presentes. Provérbios: 27.10:Não deixes o teu amigo, nem o amigo de teu pai, nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade, melhor é o vizinho perto do que o irmão longe. Jó: 6.4:Ao que está aflito devia o amigo mostrar compaixão, ainda ao que deixasse o temor do Todo-Poderoso. Salmos: 38.10-11:O meu coração dá voltas, a minha força me falta, quanto à luz dos meus olhos, ela me deixou.Os meus amigos e os meus companheiros estão ao longe da minha chaga e os meus parentes se põem à distância. Provérbios: 27.6:Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos. Eclesiastes: 4.9-10:É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas.Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! Versículos sobre amizade nos Evangelhos: João: 15.13:Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Mateus: 18.32-33:Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: “Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti? Versículos sobre o tema nas Cartas Gerais: Tiago: 4.4:Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Versículos sobre o tema nas Cartas de Paulo: Romanos: 12.10:Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. CURSO FORMAÇÃO Continue lendo

A importância da etimologia das palavras

A importância da etimologia das palavras

Etimologia diz respeito à origem e à evolução das palavras. Os alvos da etimologia são: a) recuperar o sentido elementar da palavra em questão e b) descobrir como evoluiu. Às vezes os elementos de uma palavra composta ajudam a revelar seu significado. Pode-se ver isso no caso da palavra “hipopótamo, que deriva de duas palavras gregas: hippos — “cavalo” — e potamos — “rio”. Logo, esse animal é uma espécie de cavalo de rio. A palavra grega ekklêsia, que é normalmente traduzida como “igreja”, vem de ek (“para fora”) e kalein (“ chamar ou convocar”). Por isso, no Novo Testamento passou a significar aqueles que eram chamados a sair do grupo dos ímpios para integrar um conjunto de crentes. O sentido original de ekklêsia era o de uma congregação de cidadãos gregos convocados por um apregoador público para tratarem de assuntos comunitários. O termo grego makrothymia, cuja tradução é “paciência” ou “ longanimidade”, é formado por makros — “longo” — e thymia — “ sentimento” . Na combinação dessas duas palavras o “s” caiu e o significado é o de um sentimento de longa duração, ou seja, controlar os próprios sentimentos por muito tempo. “Paciência” é uma boa tradução. No século XViii, Johann Emesti (1707-1781) advertiu contra o uso da etimologia como método confiável. Ele escreveu o seguinte: O emprego oscilante das palavras, que ocorre em todos os idiomas, dá margem a alterações frequentes de sentido. São poucas as palavras em qualquer língua que sempre conservam [seu] significado elementar. Portanto, o intérprete precisa tomar muito cuidado para não incorrer numa exegese etimológica precipitada, que normalmente engana muito. Pode acontecer de uma palavra que sofreu uma evolução assumir um sentido totalmente diferente do original. A derivação a partir do radical de uma palavra quase nunca serve para se chegar ao seu sentido, pois os significados mudam. Por exemplo, o sentido etimológico de entusiasmo é o de “estar possuído por um deus”. Evidentemente, o sentido hoje é bem diferente do original, formado pelos elementos em e deus. A palavra “adeus” deriva de “Deus o acompanhe!”, mas poucos têm esse sentido em mente quando dizem “adeus” para alguém. O verbo comprar origina-se do latim comparare, mas os sentidos de “comprar” e “comparar” hoje são obviamente muito diferentes. Só é possível entender a conotação atual porque o bom comprador compara os produtos antes de adquiri-los. “Tratante”, no falar de antigamente, não passava de “pessoa que trata de negócios”, mas o caráter desonesto de alguns negociantes (“tratadores”) ocasionou a degeneração de sentido. “Libertino” não passava de “filho de escravo liberto . “Caderno” , do latim quaternum, já não designa a folha de papel dobrada em quatro; nem “ secretário” , o “confidente”, “depositário de segredos” . “Pedagogo” está longe de ser o antigo “escravo que conduzia crianças à escola” . Diante de frases como “Da imbecilidade” de sua natureza não desconfiava, porque conhecia suas forças” , “O povo italiano é um povo hipócrita e “Sinto muito nojo pelo mal que lhe sucedeu”, certamente ficaríamos estupefatos, Continue lendo

Versículos bíblicos de alegria

Versículos bíblicos de alegria

VERSÍCULOS BÍBLICOS DE ALEGRIA A esperança dos justos é alegria, mas a expectação dos perversos perecerá.(Provérbios: 10.28) Introdução: Está muito claro que tudo aquilo que fizermos com o coração alegre, terá um resultado melhor. Porém, não é fácil ficar desta forma todo o tempo. São tantas as mazelas da vida, que muitas vezes o nosso coração se entristece. Mas a Palavra de Deus que toda a tristeza pode terminar em regozijo. E que a tristeza poder durar uma noite, mas, pela manhã, tudo muda. Porque a alegria eterna está sobre os resgatados do Senhor. Sendo assim, relacionamos alguns versículos sobre esse tema. Versículos de alegria no Antigo Testamento: Isaías: 51.11:Os resgatados do Senhor voltarão. Entrarão em Sião com cântico, alegria eterna coroará suas cabeças. Júbilo e alegria se apossarão deles, tristeza e suspiro deles fugirão. Salmos: 30.10-11:“Ouve, Senhor, e tem misericórdia de mim. Senhor sê tu o meu auxílio.Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria”. Isaías: 61.10:É grande o meu prazer no Senhor! Regozija-se a minha alma em meu Deus! Pois ele me vestiu com as vestes da salvação e sobre mim pôs o manto da justiça, qual noivo que adorna a cabeça como um sacerdote, qual noiva que se enfeita com joias. Provérbios: 15.21:A insensatez alegra quem não tem bom senso, mas o homem de entendimento procede com retidão. Salmos: 30.5:Pois a sua ira só dura um instante, mas o seu favor dura a vida toda. O choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria. Mais versículos sobre alegria no Antigo Testamento: Provérbios: 15.23:Dar resposta apropriada é motivo de alegria e como é bom um conselho na hora certa! Provérbios: 10.28:O que o justo almeja redunda em alegria, mas a esperança do ímpio dá em nada. Salmos: 4.6-7:Muitos perguntam: “Quem nos fará desfrutar o bem? ” Faze, ó Senhor, resplandecer sobre nós a luz do teu rosto!Encheste o meu coração de alegria, alegria maior do que a daqueles que têm fartura de trigo e de vinho. Salmos: 97.11:A luz nasce sobre o justo e a alegria sobre os retos de coração. Provérbios: 14.13:Mesmo no riso o coração pode sofrer e a alegria pode terminar em tristeza. Jó: 20.5:O riso dos maus é passageiro e a alegria dos ímpios dura apenas um instante. Versículos de alegria nos Evangelhos: Mateus: 13.44:O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. Lucas: 15.7:Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se. João: 16.22:Assim acontece com vocês: agora é hora de tristeza para vocês, mas eu os verei outra vez e vocês se alegrarão, e ninguém lhes tirará essa alegria. Versículos alegria nas Cartas de Paulo: Romanos: 14.17:Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, Continue lendo

A história de Melquisedeque

A história de Melquisedeque

O relato de Gênesis 14.18-20 parece um episódio eminentemente histórico, da mesma forma que o resto do capítulo. A passagem nos fala da existência de um rei sacerdote de Salém (isto é, Jerusalém, com toda a probabilidade) chamado Melquisedeque, o qual achou-se na obrigação de saudar Abraão, que voltava da guerra e do morticínio dos reis da Mesopotâmia, entre Dã e Hobá (v. 15), e fornecer provisões para os soldados fatigados da guerra. Deu-lhe os parabéns pela vitória heróica e derramou uma bênção sobre ele, em nome do “Deus Altíssimo” (’El ‘Ēlyôn) — título jamais aplicado nas Escrituras a alguém que não o próprio Iavé. É óbvio que Melquisedeque era um verdadeiro crente que permanecia fiel ao culto ao autêntico e único Deus (da mesma forma que Jó e seus conselheiros do norte da Arábia, Jetro, sogro de Moisés, e Balaão, vindo de Petor no vale do Eufrates). O testemunho de Noé e de seus filhos evidentemente fora mantido em outras partes do Oriente Médio, além de Ur e Harã. Houve, todavia, um aspecto de grande importância a respeito da maneira como Melquisedeque  foi introduzido na narrativa: seus pais não são mencionados, não havendo declaração alguma a respeito de seu nascimento e morte. A razão dessa falta de informações se torna clara em Hebreus 7.3: “Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias nem fim de vida, feito semelhante ao Filho de Deus, ele permanece sacerdote para sempre”. O contexto esclarece que Melquisedeque entrou em cena como um tipo do Messias, o Senhor Jesus. A fim de salientar essa característica típica desse sumo sacerdote, o registro bíblico omite de propósito a menção de seu nascimento, filiação, parentesco e linha genealógica. Isso não quer dizer que ele não teve pai (pois até o antítipo, Jesus de Nazaré, teve o Espírito Santo como seu Pai — e sua mãe, Maria, é mencionada nos evangelhos) nem que ele jamais nascera (pois até Cristo, em sua forma humana, teve seu natal). É que o aparecimento dramático e repentino de Melquisedeque ficou mais saliente quando ele foi apresentado como porta-voz do Senhor a Abraão, servindo como arquétipo do futuro Cristo, que derramaria bênçãos sobre o povo de Deus. Melquisedeque apresentou-se como precursor ou tipo do grande Sumo Sacerdote, Jesus Cristo, que desempenharia uma função sacerdotal muito mais elevada e eficaz que Arão e os levitas. Isso foi ensinado nos dias de Davi, em Salmos 110.4, referindo-se ao futuro Libertador de Israel: “O Senhor jurou e não se arrependerá: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque”. Hebreus 7.1, 2 salienta as características de Melquisedeque como tipo de Cristo:  1. Melki-sedeq de fato significa “rei da justiça”. 2. Ele era rei de šālēm, que vem da mesma raiz de šālōm, “paz”. 3. É apresentado sem menção de nascimento, filiação ou genealogia, como convém ao tipo do Verbo, o Deus eterno, que não tem começo nem fim, que se encarnou em Jesus de Nazaré. 4. Como o Sumo Sacerdote eterno, segundo a “ordem Continue lendo

Versículos bíblicos sobre trabalho

Versículos bíblicos sobre trabalho

Você comerá do fruto do seu trabalho e será feliz e próspero.(Salmos: 128.2) Introdução: O trabalho dignifica e traz proveito para o homem. É através dele que o ser humano realiza as suas conquistas e prospera. Entretanto, ele não pode ser um fim em si mesmo, pelo contrário, ele deve ser o meio pelo qual os sonhos são realizados. E o crente deve ser exemplo no seu ambiente de trabalho. Cumpridor das suas obrigações, atuando sempre da melhor maneira possível. Mesmo nos momentos de extrema dificuldade. Versículos sobre trabalho no Antigo Testamento: Eclesiastes: 4.9:É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Eclesiastes: 3.13:Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho, é um presente de Deus. Provérbios: 14.23:Todo trabalho árduo traz proveito, mas o só falar leva à pobreza. Provérbios: 21.25:O desejo do preguiçoso acaba matando-o, porque as suas mãos recusam trabalhar. Provérbios: 6.6-11:Observe a formiga preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio!Ela não tem nem chefe, nem supervisor, nem governante.E ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento.Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono?Tirando uma soneca, cochilando um pouco, cruzando um pouco os braços para descansar.A sua pobreza o surpreenderá como um assaltante e a sua necessidade lhe virá como um homem armado. Provérbios: 16.3:Consagre ao Senhor tudo o que você faz e os seus planos serão bem-sucedidos. Eclesiastes: 9.10:O que as suas mãos tiverem que fazer, que o façam com toda a sua força, pois na sepultura, para onde você vai, não há atividade nem planejamento, não há conhecimento nem sabedoria. Mais versículos sobre trabalho no Antigo Testamento: Eclesiastes: 15.5:Como saiu do ventre de sua mãe, assim nu tornará, indo-se como veio e nada tomará do seu trabalho, que possa levar na sua mão. Eclesiastes: 4.8:Havia um homem totalmente solitário, não tinha filho nem irmão. Trabalhava sem parar! Contudo, os seus olhos não se satisfaziam com a sua riqueza. Ele sequer perguntava: “Para quem estou trabalhando tanto e por que razão deixo de me divertir? “Isso também é absurdo. É um trabalho muito ingrato. Provérbios: 18.9Quem relaxa em seu trabalho é irmão do que o destrói. Versículos sobre trabalho nas Cartas de Paulo: Efésios: 4.28:O que furtava não furte mais, antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade. 1 Coríntios: 3.8:O que planta e o que rega têm um só propósito e cada um será recompensado de acordo com o seu próprio trabalho. 1 Coríntios: 15.58:Portanto meus amados irmãos, mantenham-se firmes e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil. 2 Coríntios: 11.27:Trabalhei arduamente, muitas vezes fiquei sem dormir, passei fome e sede, e muitas vezes fiquei em jejum, suportei frio e nudez. 1 Tessalonicenses: 4.11-12:Esforcem-se para ter uma vida tranquila, Continue lendo