Teologia

Teologia teólogo

A interpretação bíblica – ontem e hoje

A interpretação bíblica – ontem e hoje

A interpretação judaica Esdras e os escribas Quando os judeus retomaram do exílio na Babilônia, tudo indica que falavam aramaico, e não hebraico. Consequentemente, quando Esdras, o escriba (Ne 8.1, 4, 13; 12.36), leu a lei (Ne 8.3), os levitas vv . 7-9) tiveram de traduzir do hebraico para o aramaico. Talvez seja este o sentido de “claramente” (v. 8). O termo hebraico paras significa “tomar claro” ou “interpretar”, e provavelmente o sentido aqui é “traduzir”. Além disso, Leia mais…

O esvaziamento de Cristo

O esvaziamento de Cristo

Enquanto João enxerga em Jesus o Logos que se faz carne, Paulo enxerga em Jesus a forma divina que se esvazia. A ekénosen do verbo kenósis (esvaziar) forma a base da cristologia paulina: “Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz” (Fp 2.6-8; cf. Rm 15.3; 2 Co 8.9). Esse esvaziamento Leia mais…

O sentido de “logos”.

O sentido de “logos”.

O vocábulo grego logos pode.ser traduzido por “razão”, “palavra” ou “discurso”. É empregado no prólogo do quarto evangelho como uma designação do Filho, que é a revelação do Pai.15 Muitos comentadores sustentam que essa palavra também é um título descritivo do Filho eterno no prefácio da primeira epístola. Assim, Moffatt translitera a palavra grega para o inglês e cunha a expressão “Logos da Vida”. Certamente se pode traçar um paralelo entre o evangelho e a epístola, Leia mais…

A Igreja no Antigo Testamento

A Igreja no Antigo Testamento

Não há qualquer declaração formal acerca da Igreja no Antigo Testamento, embora muitos intérpretes encontrem certas passagens que talvez sugiram algumas profecias a respeito dela. O livro de Cantares de Salomão, que é uma declaração de amor, é usado por muitos como uma metáfora do relacionamento entre Jesus (Noivo) e Sua Noiva (a Igreja). Em busca de alguma declaração do Antigo Testamento sobre a Igreja, Culver diz: É inútil procurar no Antigo Testamento predições explícitas da Leia mais…

Fontes da Teologia Sistemática

Fontes da Teologia Sistemática

A teologia cristã é o conjunto de doutrinas que compõem as crenças comuns aos seguidores de Cristo. Tais doutrinas emanam das Escrituras Sagradas em conjunto com a razão, a tradição e a mística (experiência). As Escrituras Não se pode fazer teologia senão com base nas Escrituras Sagradas. Essa é a posição da Igreja cristã a partir da Reforma Protestante. Lutero defendia a tese de Sola Escriptura (a Bíblia é a única regra de fé e conduta para o cristão). Ao longo da história, Leia mais…

Antropologia Teológica

Antropologia Teológica

Antropologia é o estudo ou a ciência do homem. Estudá-la na perspectiva teológica não é o mesmo que estudá-la na perspectiva científica. O estudo antropológico no campo das ciências ignora completamente tudo o que a Bíblia diz sobre o homem, a começar pela sua origem. Para as ciências biológicas e humanas o homem é visto como uma animal racional que vive em sociedade. Para a antropologia bíblico-teológica o homem é um ser criado por Deus, possuindo características que o tornam Leia mais…

Regras fundamentais para a correção textual competente

Regras fundamentais para a correção textual competente

Tendo percorrido toda a extensão das linhas mestras gerais que nos ensinam a discernir a melhor alternativa de texto, com base em sete cânones, chegamos agora a um resumo conclusivo que aparece no excelente livro de Ernst Würthwein, The text of the Old Testament [O texto do Antigo Testamento] (Nova York, Macmillan, 1957, p. 80-1). Würthwein não é um especialista evangélico, mas representa os mais elevados peritos alemães na área da crítica textual, e suas recomendações quanto a procedimentos Leia mais…

Tipos de teologias

Tipos de teologias

É preciso distinguir entre os tipos de teologias a fim de que se tenha uma postura correta diante de cada uma delas. Estudar Teologia Bíblica não corresponde a estudar Teologia Sistemática em relação ao método e aos resultados – não que haja contradição nos estudos teológicos mas é preciso saber que um nos levará a entender o pensamento de determinado autor em uma época específica; enquanto outro estudo nos levará a entender um tema, especificamente, dentro de um conjunto de textos Leia mais…

Os cânones da crítica textual

Os cânones da crítica textual

Nesse post apresentaremos, à guisa de resumo, os sete “cânones” ou regras de procedimento que os críticos utilizam para chegar a uma decisão inteligente acerca de textos divergentes. Tais cânones estão classificados na ordem de sua prioridade ou valor relativo. Cânone 1. Em geral, prefere-se o texto mais antigo, e não o encontrado em manuscritos posteriores, mais recentes. Entretanto, podem-se encontrar textos menos confiáveis em manuscritos tão antigos como 1QIsa, simplesmente porque Leia mais…

Restrições na interpretação da Bíblia

Restrições na interpretação da Bíblia

Quem não for regenerado não pode compreender totalmente o significado da Bíblia. Quem não é salvo está cego espiritualmente (2 Co 4.4) e morto (Ef 2.1). Paulo escreveu: “Ora, o homem natural não aceita as cousas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las porque elas se discernem espiritualmente” (1 Co 2.14). Isso significa que quem não é salvo não tem condições de entender o que as Escrituras dizem? Não. Antes, significa que ele não tem a capacidade Leia mais…

O papel da crítica textual na correção de erros de transmissão

O papel da crítica textual na correção de erros de transmissão

No comentário anterior referimo-nos várias vezes ao papel desempenhado pela crítica textual quanto aos erros de copistas na transmissão do texto bíblico. Para que o leitor possa compreender um pouco da metodologia seguida pelos especialistas na análise desses desvios, os quais aparecem mesmo nos manuscritos mais antigos e nos melhores documentos, daremos as linhas mestras a serem seguidas para a solução desses problemas. O procedimento-padrão quanto aos erros de transmissão aplica-se a Leia mais…

O poder da palavra escrita

O poder da palavra escrita

Assim deverá ser escrito… Palavras escritas tinham grande importância para os antigos. Eles acreditavam que as palavras carregavam consigo uma força capaz de realizar a vontade de quem falava. Na produção de Os Dez Mandamentos, de Cecil B. DeMille, destaca-se nas cenas cruciais do filme o pronunciamento: “Assim deverá ser escrito…” O roteirista utilizou a frase de forma apaixonada para enfatizar o contraste entre a palavra da terra e a que é do céu. O faraó vale-se da frase para Leia mais…