Versículos bíblicos sobre a preguiça

A preguiça leva ao sono profundo e o preguiçoso passa fome.
(Provérbios: 19.15)

A preguiça é um comportamento condenado pela Palavra de Deus.

Ela se caracteriza pela falta de disposição em trabalhar ou em efetuar as tarefas com morosidade.

A pessoa preguiçosa dificilmente conseguirá conquistar alguma coisa, porque o esforço é básico para isso.

O livro de Provérbios contém diversos versículos que abordam esse tema.

Cuida dos negócios de sua casa e não dá lugar à preguiça. (Provérbios: 31.27)

Por causa da preguiça, o telhado se enverga, por causa das mãos indolentes, a casa tem goteiras. (Eclesiastes 10.18)

Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono? (Provérbios: 6.9)

O preguiçoso deseja e nada consegue, mas os desejos do diligente são amplamente satisfeitos. (Provérbios: 13.4)

O preguiçoso põe a mão no prato e não se dá ao trabalho de levá-la à boca! (Provérbios: 19.24)

Observe a formiga preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio! (Provérbios: 6.6)

Como o vinagre para os dentes e a fumaça para os olhos, assim é o preguiçoso para aqueles que o enviam. (Provérbios: 10.26)

O preguiçoso não aproveita a sua caça, mas o diligente dá valor a seus bens. (Provérbios: 12.27)

O caminho do preguiçoso é cheio de espinhos, mas o caminho do justo é uma estrada plana. (Provérbios: 15.19)

O preguiçoso não ara a terra na estação própria, mas na época da colheita procura e não acha nada. (Provérbios: 20.4)

O preguiçoso morre de tanto desejar e de nunca pôr as mãos no trabalho. (Provérbios: 21.25)

O preguiçoso diz: “Há um leão lá fora! ” “Serei morto na rua! ” (Provérbios: 22.13)

Como a porta gira em suas dobradiças, assim o preguiçoso se revira em sua cama. (Provérbios: 26.14)

O preguiçoso coloca a mão no prato, mas acha difícil demais levá-la de volta à boca. (Provérbios: 26.15)

O preguiçoso considera-se mais sábio do que sete homens que respondem com bom senso. (Provérbios: 26.16)

As mãos diligentes governarão, mas os preguiçosos acabarão escravos. (Provérbios: 12.24)

Um dos seus próprios profetas chegou a dizer: “Cretenses, sempre mentirosos, feras malignas, glutões preguiçosos”. (Tito: 1.12)

Passei pelo campo do preguiçoso, pela vinha do homem sem juízo, havia espinheiros por toda parte, o chão estava coberto de ervas daninhas e o muro de pedra estava em ruínas. (Provérbios: 24.30-31)

O preguiçoso diz: “Lá está um leão no caminho, um leão feroz rugindo nas ruas! ” (Provérbios: 26.13)

Quanto a isso, temos muito que dizer, coisas difíceis de explicar, porque vocês se tornaram lentos para aprender. (Hebreus: 5.11)

Exortamos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos. (1 Tessalonicenses: 5.14)

Pois ouvimos que alguns de vocês estão ociosos, não trabalham, mas andam se intrometendo na vida alheia. (2 Tessalonicenses: 3.11)

Agora, então, escute, criatura provocadora, que age despreocupada e preguiçosamente em sua segurança, e diz a si mesma: “Somente eu e mais ninguém. Jamais ficarei viúva nem sofrerei a perda de filhos”. (Isaías: 47.8)

.: AGREGUE CONHECIMENTO E COMENTE ABAIXO .: