Você Sabia? [BIBLIOLOGIA]

imagesCAGV1XRN

BIBLIOLOGIA

Bíblia é a Sagrada Escritura, o conjunto de livros do Antigo e do Novo Testamento, que contém as doutrinas que orientam o comportamento dos cristãos. Do grego “biblion”, que significa “livro”, “rolo”. A palavra Testamento (em hebraico “berith”) significa aliança, contrato, pacto. Bíblia é coleção de escritos considerados pela Igreja cristã como inspirados por Deus.

A Bíblia tem 66 Livros e se divide em duas partes: ANTIGO TESTAMENTO (39 Livros) e NOVO TESTAMENTO (27 Livros). O A.T foi escrito em HEBRAICO, com exceção de alguns trechos escritos em ARAMAICO, e o N.T foi escrito em GREGO.

Capítulos: 01189 (00929 – Antigo Testamento / 0260 – Novo Testamento)

Versículos: depende da tradução:

King James tem 31.102 versículos, pois ajunta os versículos 14 e 15 de 3João.

Versão Autorizada tem 31.173 versículos

Almeida Revista e Corrigida tem 31.105 versículos (além de 1Samuel 20, o final de Juízes 5.31 se torna o versículo 32).

Almeida Revista e Atualizada tem 31.104 versículos (o final de 1Samuel 20.42 se torna o versículo 43)

Nova Tradução na Linguagem de Hoje tem 31.103 versículos ( Antigo Testamento 23.146 / Novo Testamento 7.957)

Bíblia católica possui 35.527 versículos tradução feita da Vulgata possui 73 livros incluindo: (Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruc, 1 e 2 Macabeus e ainda partes de Ester e Daniel (isto é, Est 10,4-16,24; Dn 3,24-90; 13-14).

aauntitled

Você Sabia?

O nome “Bíblia” vem do grego “Biblos”, nome da casca de um papiro do século XI a.C. A primeira obra impressa foi feita por Gutenberg, em seu recém inventado prelo manual, que dispensava as cópias manuscritas. A divisão em capítulos utizada nas bíblias de edições atuais são atribídas a três pessoas diferentes: A Lanfron, arcebispo de Cantuária, que viveu no século XI, a Sthephen Langton, professor da Universidade de Paris, do século XIII, sua morte se deu em 1228 e ao cardeal Hugo de Saint-Cheir (1250), também do século XIII, pois faleceu em 1263. Mas quando pesquisamos geralmente costuma atribuir a  Stephen Langdon essa divisão.

A divisão de Stephen Langton surgiu aproximadamente em 1227. A divisão em versículos como um todo também é atribuída ao impressor parisiense Robert Stephanus, mas ao pesquisarmos um pouco vemos que não exatamente assim. Ele dividiu o Velho Testamento em 1548 utilizando a Vulgata, mas havia uma divisão do Velho Testamento feito em 1445 pelo Rabi Mardoqueu Nathan. Robert Stephanus logo após dividiu o Novo Testamento grego em 1551, o seu ponto de partida foi se baseando em  trabalhos de eruditos anteriores nesse campo, em 1509 Lefevre havia numerado em versículos os Salmos e o dominiciano italiano Santos Paganino havia publicado em Lião em 1528 a primeira Bíblia organizada nessas subdivisões menores. Devido a algumas falhas em algumas passagens em relação ao seu contexto Roberts Stephanus publicou em 1555 uma concordância Bíblica, onde as citações seguiam essa numeração.

Ambas as divisões tinham por objetivo facilitar a consulta e as citações Bíblicas, foi escrita e reproduzida em diversos materiais, de acordo com a época e cultura das regiões, utilizando tábuas de barro, peles, papiro e até mesmo cacos de cerâmica.Com exceção de alguns textos do Livro de Ester e de Daniel, os textos originais do Antigo Testamento foram escritos em hebraico, uma língua da família das línguas semíticas, caracterizada pela predominância de consoantes. A primeira Bíblia em português foi impressa em 1753. A tradução foi feita a partir da Vulgata Latina e iniciou-se com D. Diniz (1279-1325).

by  www.teologiaonline.com


.: AGREGUE CONHECIMENTO E COMENTE ABAIXO .: