Bíblia e Memorização

Dicas de Como Memorizar a Bíblia

biblia-memorizacao

É importante que todo cristão busque aprender a memorizar a Bíblia, pois é através da Bíblia que Deus mostra o caminho que Ele quer para nossas vidas.

Quando guardamos permanentemente os ensinamentos de Cristo em nossa mente e coração, nossa vida sofre uma grande transformação. Mudamos complemente nossa forma de pensar e de agir, passando a ver o mundo com os olhos de Cristo.

Se você é uma pessoa que busca se aperfeiçoar como cristão, neste artigo, você vai aprender 12 dicas de como memorizar a Bíblia.

Por que memorizar a Bíblia?

Antes de falar sobre as dicas de como memorizar a Bíblia, vamos citar mais alguns motivos pelos quais você deve aprender a memorizar a Bíblia:

  • Tendo a palavra de Deus em sua mente, você transforma os locais por onde passa. A sua presença, o seu conhecimento e a sua fé podem ajudar a todos que necessitam ouvir a Palavra.
  • Existe um chuva de benção a espera daquele que estuda, entende, memoriza e vive plenamente a palavra de Deus.
  • Deus nos orienta a manter sua palavra viva em nossos corações: “Meu filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras. Nunca as perca de vista; guarde-as no fundo do coração, pois são vida para quem as encontra e saúde para todo o seu ser” (Provérbios 4:20-22).

Agora que você conhece alguns dos motivos para memorizar a Bíblia, vamos as dicas de memorização.

1. Evite procrastinar

Procrastinar é o hábito deixar tudo para depois, por exemplo:

  • Uma tarefa que você considera chata;
  • Os estudos;
  • Uma dieta alimentar;
  • A prática de fazer exercícios físicos;
  • O abandono de um vício;
  • E a leitura da Bíblia.

Se você se sente um procrastinador da leitura bíblica, saiba que existem algumas recomendações simples para diminuir os efeitos da procrastinação. Veja a seguir:

  • Reconheça quando está enrolando. Pode haver mais dor em procrastinar do que em ler a Bíblia. A autoconsciência é o primeiro passo para se libertar da procrastinação.
  • Se você acha chato ter que ler a Bíblia, tente fazer isso no primeiro momento do dia, assim você não procrastinará a leitura para mais tarde, quando estará cansado.
  • Experimente a sensação de alívio e o fortalecimento da autoestima após estudar uma passagem bíblica. Perceba que concluiu a tarefa de maneira positiva, enfrentando-a.
  • Pense no que você vai deixar de ganhar ou no que pode perder caso não realize essa atividade. De preferência, escreva isso para que você possar refletir melhor.
  • Se o texto que será lido for muito longo, divida-o em algumas partes e trabalhe individualmente, uma a uma,
    com um pequeno intervalo entre elas. Lembre-se de comemorar a cada parte concluída.
  • Quando perceber que está querendo procrastinar, proponha-se a atuar por apenas alguns minutos na tarefa que está tentando evitar. Pode ser que você perceba que não é tão desagradável quanto pensava.
  • Para vencer a procrastinação mentalize seus objetivos. Pense com firmeza que seus esforços serão recompensados e o caminho mais curto e correto agora é você seguir em frente.

2. Organize-se 

Pessoas desorganizadas são mais esquecidas, isso é fato.

Então, a sugestão é que para você manter o foco no estudo bíblico, busque um local organizado e com o mínimo de informação visual, para que o foco seja o mais exclusivo possível naquilo que realmente interessa, a leitura e o estudo da Bíblia.

Também tenha cautela com o uso do celular, pois aquela vontade de dar uma conferida nas mensagens ou postagens
dos amigos pode ser uma forma de sabotar seus estudos bíblicos.

Se a tentação for mais forte do que você, então providências mais drásticas deverão ser tomadas: desligue o celular e guarde-o em um lugar longe do seu local de estudo.

Para ser mais produtivo nos estudos bíblicos é importante também observar outros detalhes no ambiente. Uma cadeira muito confortável e um ambiente muito aconchegante, por exemplo, podem te tirar daquele “estado de alerta” necessário para o estudo e memorização da Bíblia.

Sabemos que conforto é sempre a melhor opção, porém quando o seu objetivo é manter o foco, o resultado do excesso de conforto pode ser o pior de todos: cair no sono. As horas de relaxamento devem ficar para outro momento.

3. Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia não é uma vilã, mas a forma como a utilizamos pode paralisar nossas vidas, carreiras e projetos futuros. Como tudo na vida, é preciso saber utilizar e tirar o melhor.

Pessoas bem-sucedidas usam a tecnologia com inteligência, estimulando a mente a formar novas conexões. Por exemplo, o aprendizado da Bíblia através de games, aplicativos e quiz fica muito mais interessante em uma tela multicolorida.

A maior de todas as vantagens da tecnologia, ao nosso ver, é poder escolher quando, como e onde estudar. Hoje em dia, basta ter acesso à internet.

Navegando com responsabilidade você fará viagens incríveis sobre as lindas histórias da Bíblia durante seus estudos e a memorização será mais eficiente.

4. Utilize mnemônicos 

O que mudaria na sua vida se você tivesse uma memória ativa, forte e confiável, capaz de reter as passagens que você leu na Bíblia?

Imagine quão bom seria se você pudesse lembrar dos versículos, salmos e detalhes dos livros dos profetas sem precisar andar com um monte de bilhetinhos amontoados nos bolsos. Seria ótimo, concorda?

Imagine seu cérebro como se ele fosse um músculo que necessita ser exercitado. Leituras, estudos, diálogos, testes e desafios de raciocínio lógico são exercícios que o tornam mais forte e facilitam a memorização de qualquer coisa.

Uma memória treinada é capaz de reter as informações corretas e buscá-las rapidamente quando necessário.

Quando você se debruça nos estudos mnemônicos você proporciona ao seu cérebro estímulos fundamentais que fortalecem a sua memória e compreensão.

Imagine que você queira memorizar uma sequência de nome bíblicos para fazer uma apresentação, por exemplo: Saul, Abel, Gabriel, Rebeca, Agar, Davi e Abigail. Uma técnica simples de memorização seria fazer a associação de cada um desses nomes a uma letra de uma única palavra, criando o acrônimo SAGRADA.

Para isso, basta substituir:

Saul = Santidade = S

Abel = Alegria =A

Gabriel = Grandeza = G

Rebeca = Resposta = R

Agar = Arrependimento = A

Davi = Divindade = D

Abigail = Amor = A

Associando conceitos a objetos fica mais fácil de lembrar. E, claro, quanto mais diferentes forem as associações mais fácil é de se lembrar delas.

Feitas as associações, basta lembrar da palavra SAGRADA para conseguir acessar rapidamente na memória a sequência de nomes bíblicos que ilustrarão sua brilhante apresentação.Você pode aprender mais sobre mnemônicos neste Curso de Memorização da Bíblia.

5. Guarde informações em lugares diferentes

Outra indicação para fortalecer sua memória é treinar seu cérebro para cruzar caminhos alternativos em direção à mesma lembrança. Por exemplo, quando você lê uma passagem bíblica, a memória visual é ativa.

Se você prestar atenção nesse processo, terá habilidade para lembrar os detalhes do local em que as informações estavam.

É exatamente o que acontece quando você diz: “Me lembro que o trecho lido estava numa página a esquerda, bem no alto”. Isso acontece quando você ativa a memória visual.

Se ao passo em que lê, você também se atentar ao som da sua voz, então além da memória visual, você estará estimulando a memória auditiva.

Os dois mecanismos acima ajudam muito na estimulação cognitiva. Mas ainda existe um terceiro recurso que pode ser adicionado ao processo: a memória cinestésica.

Memória cinestésica é nossa memória das sensações corporais. Ela é ativada quando integramos o corpo no processo de aprendizagem.

Para envolvê-la no processo de estudo da Bíblia, você pode fazer a teatralização enquanto imagina e sente o que se passa na história.

Induzindo os três canais de aprendizagem (visual, auditivo e cinestésico), você garante a formação de sinapses em diferentes áreas do cérebro.

A variedade de conexões pode ser rapidamente acessada quando você precisar lembrar de um conteúdo estudado na Bíblia.

6. Controle sua atenção e fortaleça a memorização

Você deve ter noção de que a concentração é uma função determinante para formação de memórias.

Existem várias formas de melhorar a concentração, dentre elas, há uma que me chama muito a atenção pela simplicidade e resultado prático. É uma técnica milenar com origem no Yoga, o nome dessa técnica é Trataka, que significa fixar o olhar.

A técnica consiste em fixar o olhar em um ponto durante determinado tempo. Você pode escolher qualquer objeto para se concentrar, uma caneta, uma chave, uma marca na parede e até mesmo a chama de uma vela.

Olhe fixamente para esse objeto durante mais ou menos 2 minutos sem piscar os olhos. Durante o exercício mantenha sua mente vazia de pensamentos, se lhe ocorrer algum, não o alimente, apenas deixe-o passar, isso ajudará a acalmar a mente agitada e fortalecer a sua concentração.

Em seguida, feche os olhos e tente reproduzir este objeto em sua mente durante mais dois minutos. Aumente o
tempo de visualização gradativamente, conforme ganha habilidade nessa prática até o tempo máximo de 10 minutos.

O exercício, consiste em não tirar os olhos do objeto escolhido, perante os inúmeros acontecimentos ao redor. Não permita que sua atenção se desvie do ponto em questão.

Quando estiver hábil nesse exercício você verá como é possível ter foco na palavra de quem ministra em sua igreja ou mesmo no estudo bíblico, mesmo com barulhos ou distrações ao seu redor.

7. Respeite seu relógio biológico

Certa vez ouvi um especialista dizer que para acabar com a insônia bastava deitar na cama, ligar o abajur, pegar a Bíblia e ler alguns parágrafos. Nesse cenário, em poucos minutos, qualquer cristão sentiria sono na leitura.

Cientificamente falando, o cérebro, durante a noite, libera um hormônio chamado melatonina que basicamente é responsável por nos induzir ao sono.

Para que essa substância cumpra o seu papel, basta estarmos relaxados, em um ambiente de pouca iluminação, dessa maneira o corpo começa a sentir os efeitos em minutos.

Ter um sono desregulado e interrupto pode causar perda de foco e concentração, além de aumentar significativamente o déficit de atenção.

Lembre-se que para sua memória funcionar bem e armazenar informações sem sobrecargas seu cérebro precisa estar
descansado, a menos que você tenha um bom motivo para estudar a Bíblia a noite, por exemplo, por falta de tempo, entenda que estudar a Bíblia pela manhã é melhor para o aprendizado, segundo cientistas, a prática traz resultados exponencialmente maiores do que ler à noite.

8. Rabisque para memorizar

Estudos indicam que rabiscar enquanto estamos absorvendo informações não-visuais (em uma aula de estudo bíblico, por exemplo) faz a capacidade de retenção de nossa memória aumentar. Esse processo está relacionado com a nossa memória visual.

Uma pesquisa feita em 2009 mostrou que pessoas que rabiscavam enquanto ouviam uma lista de nomes lembravam 29% a mais dos nomes ouvidos.

Essa mesma regra serve para os textos bíblicos com a vantagem de estimular também a memória visual.

A dica é que da próxima vez que você for a uma escola bíblica, leve uma caneta e bloquinho e rabisque à vontade.

Fazendo isso você perceberá que aquela falta de foco e memória muitas vezes está relacionada com a escassez de mecanismos de memorização.

Ao aprender a usar a memória com inteligência e diminuir a dependência eletrônica, seu cérebro se fortalecerá e você terá muito mais confiança em seu processo de memorização.

9. Revise do jeito certo

De modo geral, o desempenho de quem aprende e de quem ensina são importantíssimos na dinâmica do estudo bíblico. Mas, por si só, não garantem a memorização e o entendimento do conteúdo que está sendo recebido.

Para fortalecer a memória é necessário que você esteja disposto a assumir um papel ativo no processo de aprendizagem.

Revisar, no contexto da memória funcional, algo que é ensinado no Curso Bíblia e Memorização (mais detalhes aqui) não é sinônimo de decoreba (repetição sistemática de uma mesma informação), mas de um processo consistente na formação de memória de longa duração.

O conselho é que você faça uma revisão posterior daquilo que você estuda para que consiga formar memórias de longa duração.

Importante: não é a quantidade de repetições que determina a formação da memória, mas a revisão feita no momento adequado.

É importante que o conteúdo bíblico seja revisado periodicamente em intervalos programados.

Esse método (testado e aprovado) contribuirá sobremaneira na sedimentação dos dados em seu hipocampo (o hemisfério cerebral ligado à memória). Para isso você usará a repetição espaçada, que é explicada detalhadamente a seguir.

10. Use a repetição espaçada

Repetição espaçada consiste em fazer o cérebro memorizar as informações em diferentes períodos.

Por exemplo, digamos que durante uma semana você estude o livro de Apocalipse. Depois de um longo tempo e energia investidos nesta tarefa, se você não fizer nada, em poucos dias esse conhecimento será apagado de sua memória.

Isso ocorre porque todo aprendizado exige reforço, sendo que reforço no contexto da memorização significa fazer algumas revisões.

Portanto, a sugestão é que todos os dias, antes de iniciar os estudos, você faça uma revisão do que foi estudado no dia anterior.

No final de semana, você reserva um tempo maior para fazer um apanhado de todo material que foi revisado ao longo dos dias.

É um exercício fácil para o seu cérebro recuperar os dados como se eles tivessem sido gravados várias vezes na mesma composição, só que em momentos espaçados.

11. Ensine o que você estudou

Nada melhor para exercitar a memória do que ensinar aquilo que você estudou. Por isso, após revisar o que você aprendeu, não perca a oportunidade de apresentar esse conhecimento à outras pessoas.

12. Não desista de aprender a memorizar Bíblia

Algumas pessoas desistem de aprender a memorizar a Bíblia por alguns deste motivos:

. Não tenho tempo

Como diz a frase: “Tempo é uma questão de prioridade”.

Você vai precisar de apenas 15 a 30 minutos para aprender como memorizar a Bíblia.

Não sei se é seu caso, mas maioria das pessoas perdem mais de duas horas por dia assistindo tv e navegando em redes sociais. Essas atividades raramente contribuem em alguma coisas em nosso desenvolvimento como pessoa.

Esse é um tempo que pode muito bem ser utilizado para ler a palavra de Deus e praticar técnicas de memorização.

. Não tenho uma boa memória

Muita vezes achamos que não temos uma boa memória por estamos sempre esquecendo coisas simples durante nosso dia a dia. Mas esses que esquecimentos de curto prazo costumam ser apenas por falta de atenção, estresse, preocupação etc.

A não ser que você tenha algum problema neurológico, sua memória não é ruim, é normal como a de qualquer outra pessoa. E para manter sua memória afiada, a principal forma é manter o hábito de leitura.

Tem outros fatores que também contribuem para melhorar a memória: se alimentar bem, dormir bem e praticar exercícios físicos.

. Não tenho mais idade para isso

Se você prestar bem atenção, os melhores pregadores costumam ser pessoas mais velhas. Será se esses pregadores deixaram de memorizar por causa da idade ou foram ficando cada de vez melhores?

A verdade é que independente da idade, o importante é a repetição diária, ou seja, ler a Bíblia todos os dias.

Recapitulando:

  1. Evite procrastinar
  2. Organize-se
  3. Use a tecnologia a seu favor
  4. Utilize mnemônicos
  5. Guarde informações em lugares diferentes
  6. Controle sua atenção e fortaleça a memorização
  7. Respeite seu relógio biológico
  8. Rabisque para memorizar
  9. Revise do jeito certo
  10. Use a repetição espaçada
  11. Ensine o que você estudou
  12. Não desista de aprender a memorizar a Bíblia

É fazendo o estudo e a leitura diária da Bíblia que aprendemos sobre a palavra sagrada. Saber a Bíblia de cor, citar suas passagens, salmos e versículos não só confere ao leitor grande habilidade, como também demonstra que a palavra de Deus está gravada em seu coração e sua memória.Quer aprender um método que vai te ajudar a estudar e memorizar os textos da Bíblia e a citar de cabeça os melhores versículos? Conheça o Curso Memo Bible 3000

O que vou aprender no Curso Memo Bible?

O Curso Memo Bible da Universidade da Bíblia ensina técnicas passo-a-passo e revelas os segredos práticos para você aprender a memorizar:

  • Memorizar milhares de versículos e capítulos (palavra por palavra!)
  • O nome de todos os livros da Bíblia de trás para frente e de frente para trás;
  • Suas posições numéricas;
  • Toda a divisão bíblia;
  • A ideia e o assunto dominante de cada livro da Bíblia;
  • O tamanho relativo de todos os livros bíblicos;
  • Datas bíblicas importantes;
  • Períodos bíblicos para reter na memória;
  • O calendário judaico;
  • Toda a cronologia do Reino Dividido;
  • Todos os Reis de Israel e de Judá
  • Textos famosos da Bíblia inteira;
  • Histórias do Antigo Testamento;
  • Todos os milagres de Jesus;
  • Todas as parábolas de Jesus
  • Todas as orações de Jesus;
  • A vida de Jesus;
  • A morte e ressurreição de Jesus;
  • E muito mais!

Para comprar ou saber mais detalhes, acesse a página do curso no botão abaixo:

Bíblia Memorização, BíbliaMemorização, Biblia Memorização, Curso Bíblia Memorização, bibliamemorizacao, memorizacao biblica

.: AGREGUE CONHECIMENTO E COMENTE ABAIXO .: